conteúdo da página

Reflexão sobre o livro "Ajeum de 'Oyá "

É uma leitura leve, de fácil acesso. Tem como pano de fundo o tabuleiro de acarajé, onde se faz pensar sobre varias questões sócias...A preta baiana de nome “Acotirene” (uma homenagem a uma grande sábia do Quilombo dos Palmares) e também à preta, Dandara (homenagem a mulher guerreira que lutou contra a escravidão ao lado de Zumbi e Ganga Zumba) que, além trabalhar é universitária, pois, ali no tabuleiro que fica no Pelourinho, havia muitas conversações sobre fatos históricos do Brasil de extrema importância: discriminação racial, preconceito de orientação sexual e liberdade religiosa.


Uma passagem do livro que eu destaco para ficar dentro de mim: “Dandara - Herdamos toda a cultura dos nossos ancestrais, mas herdamos também o seu sofrimento. E por outro lado, os brancos herdaram dos nossos colonizadores, o poderio, o domínio sobre a nossa economia. Porque é deles o maior percentual na agricultura, nos bancos, nas indústrias, nas empresas? Porque são eles que dominam os maiores meios de comunicação? Até as igrejas são deles...”

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Boa tarde!

Não use seu direito individual para atingir a vida do próximo.

Acessibilidade

Avaliação Institucional

Regimento Interno

Alunos Certificados

Vestibular
Indique um Amigo
Reingresso
Financiamento Estudantil
Adote uma Família