conteúdo da página

O machismo que fere.

O documentário, O silêncio dos homens relata sobre como todos são influenciados por uma

sociedade, ou seja, a forma como dever ser, como deve agir e como deve ser

comportar perante ações cotidianas, isso em principal como exposto no mesmo

sobre os homens.

Diversos relatos de homens, de como são criados a serem machistas,

violentos e se sentirem no lugar de poder dentro de uma estrutura familiar,

podemos ver também homens que a partir de uma perspectiva diferente dessa

visão, criam projetos e ações sociais para ajudar outros a falarem, a expor sua

opinião e como aprender a se expressar, já que muitos homens não conseguem

se expressar e nem mesmo conversar sobre o que os atingem.

Como a masculinidade do homem, é colocado a posto pelos demais

quando por exemplo, ele faz as atividades domesticas, ele ajuda sua parceira ou

até mesmo quando ele se expressa. Logo se questiona sua masculinidade ou

até mesmo sua orientação sexual, como se fosse errado ou menos homem por

ser parceiro ou por demostrar suas emoções e como isso reverbera em homens

violentos, homens depressivos e podem a vim a se suicidar.

Portanto, como se expressar e falar é importante e como também a

escuta do outro se faz importante, porque mostra que aquele que escuta não

deve somente julgar e sim tentar demonstrar um caminho diferente, de como

pode ser modificado esse comportamento enraizado, e assim quem fala assuma

uma responsabilidade das suas ações, de poder ouvir as mulheres, de ouvir

outros homens que também passaram por esse processo de desconstrução,

como se faz importante a quebra de um silêncio.


Via: Narayane Bispo e Valéria Dias

9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Boa tarde!

Não use seu direito individual para atingir a vida do próximo.

Acessibilidade

Avaliação Institucional

Regimento Interno

Alunos Certificados

Vestibular
Indique um Amigo
Reingresso
Financiamento Estudantil
Adote uma Família