top of page
  • A Consulcoop é reconhecida pelo MEC?
    A cooperativa não oferece cursos de graduação, mas sim cursos técnicos e profissionalizantes. Os cursos de nível superior, são oferecidos pelas instituições Faculdade São Tomaz de Aquino, São Salvador e Santo Antônio de Feira de Santana.
  • Como o financiamento estudantil FINAES funciona?
    O FINAES é um programa de financiamento privado destinado a estudantes que buscam cursar o ensino superior em instituições particulares. Criado com o intuito de facilitar o acesso à educação, o FINAES oferece condições flexíveis de pagamento, tornando possível a realização do sonho da graduação para um maior número de brasileiros. Uma das características distintivas do FINAES é o prazo estendido para o pagamento do financiamento. Ao contrário de outros modelos tradicionais, o programa oferece aos estudantes o dobro de tempo para quitar o valor financiado. Essa extensão no prazo busca aliviar a pressão financeira sobre os beneficiários, permitindo que eles construam sua carreira e estabilizem sua situação financeira antes de iniciar o pagamento do financiamento. Em tese, o estudante faz uma contratação semestral, ou seja, cada semestre do curso pode ser pago em até um ano. Assim, quem financiar 100% de um curso de 4 anos, terá até 8 anos para pagar o financiamento. Acesse a matéria públicada em nosso site: https://www.consulcoop.org/post/financiamento-privado-estudantil-finaes-ampliando-oportunidades-de-educa%C3%A7%C3%A3o-com-condi%C3%A7%C3%B5es-favor%C3%A1v
  • O material didático é pago?
    Não!
  • A Consulcoop administra quais faculdades?
    Faculdade Santo Antônio de Feira de Santana - FSAF Faculdade São Tomaz de Aquino - FSTA Faculdade São Salvador - FSS
  • Há meia passagem escolar?
    Os cursos presenciais de nível superior, desenvolvidos em Salvador, há meia passagem.
  • Há meia entrada para shows e eventos?
    Sim! A Contratação da carteira ocorre na central de atendimento
  • O que é a Clinica Escola?
    Considerada um projeto de extensão da faculdade, uma clínica-escola é uma unidade de atendimento preparada para atender à população gratuitamente ou por preços significativamente mais acessíveis. Nesse local, os pacientes são atendidos por alunos que cursam o ensino superior (normalmente em graduações como Medicina). Para atenderem, os alunos devem estar nas etapas finais do curso. Além disso, precisam comprovar que possuem um bom desempenho acadêmico. Muitas vezes, essa constatação é feita por meio de um processo seletivo. Vale lembrar que, apesar de serem os responsáveis pelo atendimento, eles são a todo momento supervisionados por professores e tutores com ampla experiência no mercado de trabalho. Quais as vantagens proporcionadas por essa experiência? Como um ambiente propício para a experimentação e para a prática, as clínicas-escola oferecem benefícios não apenas para os alunos, mas também para a sociedade e para as instituições de ensino que as possuem. Confira agora mesmo algumas dessas vantagens: Atendimento acessível As clínicas-escola são equipadas com toda a estrutura necessária para garantir um atendimento completo e seguro aos pacientes que as frequentam. Muitas vezes, nada é cobrado por isso. Dessa forma, esse espaço permite um maior acesso à saúde e a tratamentos de qualidade, mesmo para quem não tem condições de pagar pelo atendimento. Oportunidade de praticar Ainda que ler, escrever e estudar sobre determinado tema te ofereça conhecimentos, praticá-lo é uma forma de conquistar maior domínio sobre ele. A prática é o momento em que você reafirma a sua noção sobre os conteúdos, podendo ter certeza se os absorveu corretamente ou se precisa se aprofundar em alguma informação. Dessa forma, as clínicas-escola funcionam como uma maneira de colocar em prática tudo o que você, aluno, tem aprendido no curso. Assim, poderá memorizar melhor o conteúdo e entender de fato como realizar os procedimentos ensinados, indo além da teoria. Incremento no currículo Atender em uma clínica-escola é uma forma de começar a experiência no universo do mercado de trabalho. Dessa forma, essa experiência pode ser considerada como uma importante vivência profissional, devendo ser mencionada no seu currículo. Com esse incremento em seu histórico, você estará abrindo portas para que outras oportunidades apareçam com maior facilidade. Aprendizado pessoal Fazer parte de uma clínica-escola é também uma forma de adquirir novas habilidades e competências pessoais. Isso acontece pois, participando dessa experiência, você se submeterá a novas responsabilidades: conciliar o tempo de estudo com os atendimentos, ser assíduo com os horários, estudar para desempenhar os procedimentos da maneira correta, entre outras. Por isso, essa também é uma forma de crescimento pessoal e amadurecimento. Alunos mais satisfeitos As faculdades também são beneficiadas pela experiência da clínica-escola. Isso acontece pois alunos que possuem mais suporte para o conhecimento normalmente permanecerão mais felizes e satisfeitos com a instituição da qual fazem parte, já que verão o empenho dela em proporcionar novos métodos de aprendizado. Estudantes felizes com o local de estudo e contentes com as oportunidades de crescimento tornam-se mais dispostos e motivados. Qual o valor cobrado para atendimento? Todos terão 03 atendimentos gratuitos e se for o caso de prosseguir com a terapia, cada atendimento custará R$ 5,00 Reais
  • Para que serve o vestibular?
    O vestibular serve para verificar se o estudante tem conhecimentos básicos para ingressar em um curso de nível superior. Para verificar essa aprendizagem, é aplicada uma prova. E, dependendo da nota que cada pessoa alcançar, ela pode ou não ser aprovada para ingressar na faculdade.
  • Como funciona o vestibular?
    Para entender como funciona o vestibular, leve em conta os variados processos seletivos de cada instituição de ensino. Todavia, existem algumas etapas que não mudam: você busca pelo edital, realiza a inscrição, verifica sobre a prova e pronto, só aguardar o resultado. Vem saber mais! Antes de qualquer coisa, você precisa buscar o edital ou o formulário de inscrição para o vestibular. Aqui na São Tomaz, por exemplo, as provas ocorrem de forma recorrente. Isso significa que você pode realizá-las em diferentes períodos do ano. No entanto, muitas instituições possuem um calendário fixo de seleção, geralmente no final e no meio do ano. Depois, realize a sua inscrição, preenchendo dados pessoais e o curso no qual deseja ingressar. Dependendo da instituição de ensino, será preciso pagar uma taxa de inscrição para validar seu registro. A partir daí, verifique onde será feita a prova. Existem instituições em que o processo seletivo é apenas presencial. Já em outras, há a possibilidade de fazer provas online, inclusive com horário agendado, como é o caso da São Tomaz. Depois de realizada a prova, basta aguardar pelo resultado e verificar se foi aprovado. Em geral, isso é disponibilizado na própria página da faculdade ou na área de registro do candidato.
  • Qual a diferença entre Enem e vestibular?
    O Enem e o vestibular são provas que medem conhecimentos dos estudantes. O vestibular é um processo seletivo para faculdade por meio das instituições de ensino. Já o Enem é aplicado pelo INEP, tendo a nota do Enem como base para o SiSU, Fies e ProUni. A principal vantagem do Enem é que ele oferece mais oportunidades aos alunos. Isso porque, fazendo apenas uma única inscrição no ano, é possível concorrer a vagas em diversas universidades públicas do Brasil. Todavia, o vestibular tem uma grande vantagem em relação ao Enem: as provas tendem a ter menos questões e serem mais tranquilas de realizar. Além do mais, dependendo do curso, a concorrência é bem menor do que aquela encontrada em uma seleção do Sisu, por exemplo.
  • Quantas questões tem um vestibular?
    Não existe apenas um vestibular no Brasil. Assim, a quantidade de questões das provas varia de acordo com cada processo seletivo. Assim, vamos apresentar quantas perguntas você terá que responder caso opte por participar dos quatro maiores vestibulares do país: Enem: 180 questões de múltipla escolha mais uma redação, divididas em dois dias de prova; Fuvest: 90 questões de múltipla escolha na primeira fase e 22 questões dissertativas mais uma redação na segunda fase; Unicamp: 72 questões de múltipla escolha na primeira fase e 32 questões dissertativas mais uma redação na segunda fase; Unesp: 90 questões de múltipla escolha na primeira fase e 60 questões também de múltipla escolha mais uma redação na segunda fase. Como deu para notar, são muitas questões, certo? Aqui na São Tomaz, o vestibular é bem mais tranquilo, tendo 30 questões na prova tradicional. Caso você opte pela prova virtual, a avaliação é por meio de apenas uma redação. Ou seja, é um processo que não desgasta o candidato.
  • Quanto custa para fazer vestibular?
    Existem muitas provas de vestibular no Brasil e todas elas possuem formatos diferentes. No caso da taxa de inscrição, a situação é a mesma: não há um valor fixo. Portanto, apresentamos os preços cobrados nos processos seletivos mais procurados pelos estudantes brasileiros. São eles: Enem: R$85; Fuvest: R$182; Unicamp: R$170; Unesp: R$170. No que se refere ao vestibular aqui da São Tomaz, o valor da taxa de inscrição é de R$ 49,90 e você pode optar pela prova presencial ou online. Ela pode ser realizada no conforto da sua casa! Além do mais, em ambos os casos, o resultado sai rapidamente, estando disponível para o estudante depois de apenas quatro dias.
  • Por quanto tempo vale a nota do vestibular?
    Em geral, as notas obtidas em um vestibular valem apenas para o edital em vigor. No caso do Enem, é preciso analisar algumas questões, pois o tempo de validade da nota varia dependendo do processo seletivo. No caso do SiSU, você só pode se inscrever usando a nota da edição atual do Enem. Caso vá participar do Prouni, o processo é o mesmo (contudo, há possibilidade de utilizar notas de anos anteriores para vagas remanescentes). Em contrapartida, quem vai concorrer ao Fies pode usar a nota alcançada nas edições a partir de 2010. Já os alunos que desejem usar o Enem em substituição ao vestibular de instituições privadas, precisam analisar as regras de cada local, pois elas variam bastante.
  • Como são as provas do vestibular?
    Como já mencionamos, a FSAF oferece aos estudantes diferentes formas de ingresso na faculdade: Vestibular tradicional; Uso da nota do Enem; Transferência externa; Segunda graduação. No que se refere ao vestibular, você precisa saber que as provas podem ser online ou presencial. Quem opta pelo modelo presencial, precisa fazer um teste com 30 questões de múltipla escolha, que abordam conteúdos de português, língua estrangeira (inglês ou espanhol), matemática, ciências humanas e ciências da natureza. Além disso, deve escrever uma redação com, no mínimo, 20 linhas e, no máximo, 30. O tempo máximo para finalizar o exame é de 2h30m.
  • Como funciona o vestibular online?
    No caso do vestibular online, a seleção consiste na elaboração de uma redação e tem duração de 1h.
  • O que é vestibular?
    O vestibular é um processo seletivo usado por diferentes instituições de ensino para aprovar estudantes que queiram ingressar em um curso de graduação. Atualmente, existem diversos tipos de vestibulares para os quais você pode se inscrever. No Brasil, alguns dos mais famosos são os da Fuvest, da Unicamp, da Unesp, da Estácio e, claro, o próprio Sisu, que está atrelado ao Enem.
  • Portarias
    Portaria - 001 - Criação de curso de Pós Graduação em Alfabetização e Letramento Portaria - 002 - Criação de curso de Pós Graduação em Docência no Ensino Superior Portaria - 003 - Criação de curso de Pós Graduação Latu Senso em Psicopedagogia Portaria - 004 - Criação de cursos de Complementação Pedagógica Portaria - 005 - Criação de cursos de complementação de estudos e de formação Portaria - 006 - Posse do Diretor Geral
bottom of page